quinta-feira, 25 de julho de 2019

Acusado de participação em latrocínio de santa-cruzense sofre tentativa de homicídio
Um dos acusados de participar do crime que vitimou um rapaz de Santa Cruz do Capibaribe em 2017, foi alvo de uma tentativa de homicídio na ultima segunda-feira (22).

De acordo com informações da polícia, Wellington Raveli de Lima, vulgo “Pateta” de 24 anos, levou dois tiros na perna, quando estava na sua casa, no centro do município de Panelas, no Agreste de Pernambuco.

Ainda de acordo com a política, Wellington é acusado de envolvimento no latrocínio que resultou na morte de Carlos Alberto de Moura, rapaz de 19 anos, assassinado em agosto de 2017. Na ocasião, ele teria agido com outros dois criminosos, que estão presos.

Após os tiros, Pateta foi levado para o Hospital Regional do Agreste em Caruaru e não corre risco de morte. Não há informações sobre o atirador nem motivação.

Relembre o latrocínio; O crime que chocou Santa Cruz pela violência empregada pelos bandidos, aconteceu em 02 de agosto e 2017, quando Carlos, juntamente com um empresário do município e um colega de trabalho, regressavam da cidade de Quipapá pela BR-104.

Ao passar por Cupira, eles foram surpreendidos por três bandidos armados, que estavam em um carro de passeio. Dois dos bandidos entraram no carro das vítimas, que continha diversos manequins e mercadorias de confecções.

Dentro do carro das vítimas, o trio começou uma série de terror, com ameaças, xingamentos e agressões físicas.

De acordo com as investigações, já na cidade de Panelas, um dos bandidos tomou os celulares e a carteira do empresário e do colega de Carlos. Como o jovem não estava com celular ou algo de valor, acabou sendo executado. Carlos residia no bairro Santo Agostinho.

Os bandidos deixaram as vítimas e o corpo de Carlos em uma estrada de terra e fugiram com picape Ranger do empresário. O carro foi localizado no dia seguinte.

Os outros dois acusados estão presos, de acordo com a polícia. Pateta foi preso e solto recentemente.


Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário