quarta-feira, 31 de julho de 2019

Condenado por morte do promotor Thiago Faria é capturado cinco meses após fuga de penitenciária
José Maria Rosendo foi apontado como mandante do assassinato do promotor, em outubro de 2013. Ele estava foragido desde fevereiro, após fugir da Barreto Campelo, em Itamaracá.

Condenado pela morte do promotor de Justiça Thiago Faria Soares em 2013, José Maria Pedro Rosendo Barbosa, que fugiu da Penitenciária Barreto Campelo em fevereiro deste ano, foi capturado na manhã desta segunda-feira (29), em uma operação das polícias de Pernambuco e Mato Grosso do Sule dos ministérios públicos dos dois estados.

Após ser localizado na cidade de Corumbá, em Mato Grosso do Sul, ele segue para o Recife ainda nesta segunda (29). Em nota, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) afirmou que ele se escondeu em áreas rurais na região da fronteira entre o Brasil e a Bolívia.

Segundo a polícia, José Maria Rosendo estava em Corumbá há cerca de 15 dias. "Nós encontramos o rastro, a passagem dele por cinco cidades da Bolívia e na madrugada de hoje [29] foi confirmada a localização dele no Mato Grosso do Sul. Não houve tempo para reação. Ele foi preso de imediato", disse o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral.

Em outubro de 2016, ele foi condenado a 50 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado, pela 36ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco, devido ao homicídio doloso do promotor do MPPE e pelas duas tentativas de homicídio contra Mysheva Martins, noiva de Thiago, que estava dentro do carro com ele no momento do assassinato, e Adautivo Martins, tio dela.


Do G1 Caruaru


Nenhum comentário:

Postar um comentário