sábado, 6 de julho de 2019

SARGENTO MOACIR TEM MELHORA NO QUADRO CLÍNICO APÓS CIRURGIA, MAS PERMANECE NA UTI
O sargento da Polícia Militar de Pernambuco, Moacir Pereira, de 47 anos de idade, atingido por disparos de arma de fogo durante um confronto com quatro bandidos armados na manhã da última terça-feira (1º), no Conjunto Habitacional Malhada do Meio em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional do Estado, obteve melhora em seu quadro clínico, após se submetido a uma cirurgia laparotomia exploratória (quando abre-se o abdômen para avaliar as causas dos problemas), já que estava sentindo dores fortes na região do abdômen que após exames, foi constata a presença de ar.

Ele foi alvejado na cabeça, braço e virilha, sendo socorrido para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento – e depois transferido para o Hospital Regional do Agreste (HRA) de Caruaru.

De acordo com as informações, embora o estado de saúde continua grave e o Sargento permaneça na UTI, as taxas que estavam alta foram reduzidas, alguns medicamentos utilizados para induzir estado de coma também foram reduzidos e o mesmo já começou mexer parte do corpo.

O parceiro de trabalho do sargento Moacir, o soldado André José da Silva, de 32 anos, que conduzia a viatura, foi atingido na cabeça e morreu no local. 


 Blog Agreste Notícia


Nenhum comentário:

Postar um comentário