sábado, 31 de agosto de 2019

Acusado de assassinar pastor é condenado a 10 anos de reclusão
O acusado de ter assassinado o pastor evangélico, Rozildo Antônio de Lima, em julho de 2017, foi condenado durante júri popular a pena definitiva de 10 anos de reclusão, a decisão ocorreu em sessão realizada no Fórum de Santa Cruz do Capibaribe.
Segundo a sentença, o réu Claudeci da Silva Pereira (54 anos) teria assassinado o pastor por não aceitar o relacionamento do mesmo com a sua ex-companheira. O crime ocorreu no Loteamento Nova Morada, onde a vítima chegou a ser socorrida, mas faleceu no Hospital Regional do Agreste (HRA) em Caruaru, dias após.

Durante operação na Paraíba, policiais conseguiram capturar através de mandado de prisão, o acusado Claudeci no Sítio Riachão, zona rural da cidade de Sumé (PB), onde com ele foram apreendidas armas e munições.


Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário