segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Mulher é procurada pela polícia acusada de participação em um homicídio em 2018
A justiça expediu o Mandado de Prisão Preventiva em desfavor da promotora de vendas, Rebeka Rachiny Miranda de Souza, acusada de envolvimento na morte do comerciante Petrônio Alves da Silva Neto, que era conhecido por “Japonês” ou “Toninho” que foi morto a tiros no Sítio Serra Verde, entre Caruaru e Riacho das Almas, na madrugada do dia 01 de maio do ano passado.
A 19ª Delegacia de Homicídios de Caruaru está a procura da imputada e quem souber do seu paradeiro que informe através do Disque-Denúncia Agreste, através do contato (81) 3719-4545, que funciona de segunda a sábado durante o dia e dá garantia de anonimato ao denunciante.


Adielson Galvão


Nenhum comentário:

Postar um comentário