domingo, 25 de agosto de 2019

Organização criminosa suspeita de roubo qualificado é presa
A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, na manhã da última sexta-feira (23), uma operação de Persecução, realizada pelo Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri). As investigações iniciaram em março deste ano, com o objetivo de integrar integrantes de uma organização criminosa acusada de roubo qualificado. Durante uma operação, foram cumpridos 12 mandados de prisão e 11 mandados de busca e apreensão domiciliar. Até o momento, dez pessoas foram presas.

O delegado Nilson Mota, gestor do Depatri, explica como a quadrilha agia.

“A principal atividade da organização criminosa era o roubo de veículos e adulteração para serem revendidos no mercado. Durante as investigações, obteremos a hipótese de que a quadrilha também é uma submetralhadora, além de uma medida de grande quantidade de drogas, bem como uma submetralhadora, além de três veículos, sendo que os de seus próprios estojos estavam adulterados ”, esclareceu.

O delegado, uma das principais áreas de atuação da organização criminosa no Recife e os municípios da Região Metropolitana, também foi detentor de um ponto de apoio em Limoeiro, no Agreste do Estado. Nenhum local, foi realizado a prisão de um suspeito na investigação.

Mota report that a Policia Civil segue nas investigações para capturar os dois integrantes que ainda não foram presos.

"Constatamos na operação o envolvimento direto de 12 indivíduos. Cinco deles foram presos no decorrer das investigações, onde foram autuados em flagrante quando cometiam assaltos. Dos sete restantes, cinco foram presos na operação desencadeada na madrugada de hoje. os dois que ainda não foram presos ", disse.

Na execução, foram empregados 80 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. A Operação está Sendo Coordenada Pela Direção e Supervisionada Pela Ideia da Polícia.


Fonte: Rádio Jornal


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário