terça-feira, 17 de setembro de 2019

Em Santa Cruz do Capibaribe-PE, Fogo-amigo: Taboquinhas trocam farpas em torno de pré-candidaturas visando 2020

Ao que parece que as disputas para quem comandará a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe serão amenas, se comparadas às "Prévias Taboquinhas", onde pelo menos três nomes são apontados como pré-candidatos a prefeito, além das variações de indicações a vice. E no último final de semana, o tom das discussões subiu, trazendo à cena até uma fala do ex-vereador Galego de Mourinha, que se ofereceu a ser vice em uma chapa com Fernando Aragão.

Tudo começou na última sexta-feira (13), quando no "Programa Marcondes Moreno", na Rádio Santa Cruz FM, o ex-deputado federal José Augusto Maia concedia uma entrevista ao âncora da atração, sendo auxiliado pelo filho, Tallys Maia (Avante), ex-candidato a deputado estadual, que no decorrer da entrevista, fazia intervenções nas respostas do pai.

Em determinado momento, Marcondes questionou sobre o último evento de adesão da pré-candidatura de Fernando Aragão, quando o ex-candidato a deputado estadual e companheiro de chapa Cleiton Barbosa anunciou apoio e condicionou seu apoio apenas ao nome do seu ex-parceiro de chapa, com quem foi derrotado por Edson Vieira e Dida de Nan em 2016. Tallys fez duros comentários não ao gesto da adesão, mas ao posicionamento do pré-candidato à chapa majoritária.

Até o momento, o ex-candidato Fernando Aragão conseguiu agregar em seu entorno alguns nomes do próprio grupo, como os vereadores Carlinhos da Cohab (PTB), Joab do Oscarzão (PSD) e Helinho Aragão (PTB), que retirou sua pré-candidatura em nome da de Fernando, e ainda de outros nomes do grupo, como o ex-prefeito Aragãozinho, os ex-vereadores Lócio e Galego de Mourinha, mas mesmo assim, para Tallys, isso não é suficiente, e o objetivo de Fernando não passa de uma meta pessoal de um dia ser o chefe do executivo municipal.

"O primeiro passo se ele quiser realmente a união do grupo, vou dar um conselho a Fernando, é dizer que está disposto a retirar o seu nome pra unir o grupo Taboquinha, a partir desse gesto se ele fizer, eu acredito que ele está querendo uma união do grupo, até então eu acho que é um projeto individual, um sonho de ser prefeito, mas isso não é suficiente", disse Tallys.

Após a declaração, no final de semana, em grupos de WhatsApp, mensagens de áudio do vereador Júnior Gomes (PSB) foram vazadas, nelas ele afirmou que defende a pré-candidatura do deputado estadual da mesma legenda, Diogo Moraes, com o vereador Augusto Maia (Podemos) como vice, e que teria ainda o apoio do vereador Helinho Aragão, e ainda comentou, desdenhando da pré-candidatura de Aragão: "Fernando já está meio cansado, vamos botar Fernando pra dormir e está tudo certo".

Após as declarações de Tallys e Júnior, foi a vez de Galego de Mourinha sair em defesa de Fernando, o ex-vereador em rara aparição em redes sociais, usou um grupo de WhatsApp para falar da pré-candidatura e dar um recado direto aos Maias e a Júnior Gomes.

Sobre a Fernando, Galego comentou: "Deve ser a primeira vez que eu falo nesse grupo, não gosto de usar grupos (...), nessa semana eu procurei Fernando e disse o seguinte: Conte comigo pra o que der e vier (...), seja candidato em uma terceira via, quarta via, eu já disse que não seria candidato a vice, mas se Fernando for candidato e não tiver candidato a vice, eu sou", se prontificou.

Galego seguiu seu desabafo, criticando a postura de José Augusto e dos filhos e de Júnior Gomes: Disse "Será que Zé Augusto os filhos de Zé Augusto querem uma união para ficar fora [da chapa majoritária]? A união é para tirar Fernando, mas pode ter certeza que é pra botar um deles dentro, e com todo respeito que eu tenho a Júnior Gomes, mas o senhor baixe a bola porque aqui é Taboquinha, um partido do qual você falou a vida inteira, estou falando isso porque não estou aguentando mais", disse.

Nesta terça-feira acontecerá mais uma sessão da Câmara de Vereadores, adiada da última semana, onde o tema deve ser tratado pelos parlamentares, inclusive questionando o papel da imprensa, como é de costume, quando o noticiário não é de afagos.



blogdiretoaoponto.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário