segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Na coluna de Magno Martins; Teori e Eduardo sabotados? E prefeito Hilario avacalha a eleição para escolha do Conselho Tutelar que pode ser cancelada
Resultado de imagem para imagens de hilario paulo prefeito
Em meio à bombástica repercussão da revelação de Rodrigo Janot, de que mataria Gilmar Mendes e depois cometeria suicídio, Francisco Zavascki, filho do ex-ministro Teori Zavascki, postou nas redes sociais: “E ainda querem me convencer que o avião caiu por acidente”.

Logo foi entendido que o seu pai, morto na queda que o levava a Parati, em janeiro de 2017, pode ter sido vítima de sabotagem armada por alguém inserido neste lamaçal que contamina a Corte de Justiça Suprema do País.

À propósito, em outras circunstâncias e universos diferentes, é possível levantar suspeitas também sobre a trágica morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB), um dia após a célebre frase “Não vamos desistir do Brasil”, em entrevista ao vivo no JN?

O advogado Antônio Campos, irmão de Eduardo, acha que sim e vai procurar o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, para pedir a reabertura das investigações em cima do inquérito, segundo ele, eivado de falhas.

O Anti-Bolsonaro – Luciano Huck usou o espaço nobre do seu programa na TV-Globo, no último sábado, para fazer campanha antecipada à Presidência da República. Exibiu reportagem, ao lado do youtuber Whindersson Nunes, o Rally dos Sertões, no Piauí, apontando as dificuldades e sofrimentos do povo nordestino. A Globo torce o nariz. Já soube que prepara Huck para enfrentar Bolsonaro.

Carga – Fernando Bezerra Coelho tomou, literalmente, conta do MDB no Estado, ao lado de Raul Henry, em quem investe para candidato a prefeito do Recife. No último fim de semana filiou lideranças em Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Flores, Betânia e Triunfo. E ainda celebrou uma aliança com a prefeita de Pesqueira, Maria José (PRP), em apoio à reeleição de Fernando Filho federal em 2022.

Inelegível – Por enquanto, o deputado João Paulo está inelegível para disputar a Prefeitura de Olinda pelo PCdoB. Foi condenado em segunda instância a devolver R$ 18 milhões aos cofres públicos do contrato com a Finatec sem licitação. Em 2018, ele só saiu candidato por força de embargos infringentes (recursos usados pelo réu quando não concorda com uma decisão no processo).

No MDB – O ex-prefeito itinerante (Itapissuma, Igarassu e Paulista) Yves Ribeiro troca, hoje, o PSB pelo MDB e sai candidato, mais uma vez, a prefeito de Paulista, repetindo a chapa com o tucano Dufles Pires, leal e correto em 2004. Yves formaliza, hoje, também, a troca do seu domicilio eleitoral.

Caos – Um dia após o delegado Israel Rubis ser forçado a deixar o comando da Regional de Arcoverde, por pressão política da presidente da Câmara, Célia Galindo (PSB), uma casa lotérica foi assaltada na cidade em plena luz do dia. A população está apavorada com a volta da violência.

No Brejo da Madre de Deus – Em Brejo da Madre de Deus, a eleição para escolha do Conselho Tutelar do Município pode ser cancelada. O prefeito Hilário Paulo (PSD) avacalhou o processo, violando o estatuto do Comdica, que proíbe candidatos vinculados a políticos, apoiando abertamente cinco postulantes.

Perguntar não ofende: Janot não atirou em Gilmar Mendes por ter concluído que não teria a quem socorrer em sua defesa?



Magno Martins


Nenhum comentário:

Postar um comentário