sábado, 19 de outubro de 2019

CORPO DE BREJENSE ASSASSINADO EM SÃO PAULO É ENCONTRADO NO RIO TAMANDUATEÍ
Foi sepultado na manhã de ontem (quinta-feira) no Cemitério do Sítio Caldeirão na zona rural do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco, o corpo Gidelson dos Santos Silva, de 46 anos de idade, encontrado morto pelo Corpo de Bombeiros Militar na manhã do último domingo (13), no Rio Tamanduateí, na altura da Avenida Presidente Wilson no Distrito Ipiranga na zona sudeste de São Paulo-PS.
Segundo informações repassadas ao Blog Agreste Notícia, a vítima sofreu politraumatismos provocados por objeto perfuro-contundente e disparos de arma de fogo.
Gidelson a aproximadamente 30 anos saiu do Sítio Tambor na zona rural do Brejo da Madre de Deus, para trabalhar no estado de São Paulo aonde era cobrador e morava na Vila Prudente.
Ainda de acordo com as informações, ele vivia em um relacionamento conturbado com Altamira Maria de Jesus, a conhecida “Miriam” e estava em um bar, quando discutiu com a companheira e teria saído do estabelecimento comercial informando que iria buscar algo em casa.
Na mesma oportunidade, a mulher da vítima foi para uma Favela vizinho a comunidade onde morava e minutos depois, o Gidelson foi a sua procura e desapareceu.

A Polícia Civil do estado de São Paulo investiga o crime. Familiares afirmam que, após o desaparecimento da vítima, a “Miriam” fugiu da residência aonde residia.


Blog Agreste Notícia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário