quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Em Jataúba, Blogueiro e radialista Jota Silva filia-se ao PRB e adere ao grupo da Terceira Via

Os bastidores da política jataubense continuam pegando fogo. Nesta quarta-feira 23/10 uma novidade pegou muita gente de surpresa e esquentou ainda mais os ânimos daqueles que gostam de política.
Durante o programa "Papo Reto" desta quarta-feira, o blogueiro, radialista e também historiador José Sebastião, mais conhecido como Jota Silva recebeu um convite do professor Arnaldo Cícero Marques para fazer parte do quadro de filiados do PRB/ Republicanos em Jataúba. De imediato o convite foi aceito e Jota Silva assinou sua ficha de filiação ao vivo, diante do professor Arnaldo, que é vice-presidente do diretório municipal e das pessoas que estavam acompanhando a transmissão do programa pelo Facebook.
É sabido por poucos que Jota Silva tentou em meados de 2017, trazer o PRB para Jataúba. Por simpatizar com as ideias do agora deputado federal Silvio Costa Filho, Jota entrou em contato com o mesmo para viabilizar esse processo, porém como faltava menos de um ano para as eleições gerais de 2018, não conseguiu essa proeza. Por gozar de uma amizade e uma admiração para com o professor Arnaldo, Jota aceitou se filiar ao partido pelo qual sempre teve apreço.
Entramos em contato com Jota Silva, e quando questionado sobre essa decisão o mesmo fez o seguinte relato: “Sou grato à todos pela a acolhida no grupo de situação, mas saio por falta de espaço. Meu trabalho não foi reconhecido. Como vi que estava sendo inútil, descartável para o grupo resolvi tomar outro rumo”. Com isso, Jota Silva é mais um que deixa o grupo de situação e adere ao projeto da terceira.
É fundamental nos dias de hoje, onde as pessoas estão cada vez mais conectadas, reconhecer a importância que a imprensa exerce na sociedade. Pois é através dela que projetos, obras, benfeitorias, críticas e elogios são levados ao conhecimento de todos.
Vale ressaltar que a imprensa exerce um papel fundamental na garantia dos direitos democráticos. Ela é a voz dos sem voz. É através do jornalismo, seja ele impresso ou falado que a voz do povo ecoa para que os pilares da democracia não sejam corroídos. A liberdade de expressão tem que ser respeitada. Tem que saber acolher e absorver tanto as críticas quanto os elogios, pois é dessa forma que se constrói uma sociedade justa.

Outros capítulos virão nessa novela dos bastidores da política jataubense. Estamos de olhos e ouvidos atentos, fazendo igual ao ilustre Zé Ramalho: “Tô vendo tudo, tô vendo tudo, mas fico calado faz de conta que sou mudo”.


Diogenes Ramos/ Blog do DidiRamos



Nenhum comentário:

Postar um comentário