segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Em Recife a capital Pernambucana, a eleição da virada geracional em 2020
A eleição de 2020 na capital pernambucana caminha para ter caras novas na disputa pela prefeitura do Recife. Nomes tradicionais perdem espaço para jovens políticos como é o caso de João Campos, Marília Arraes, Silvio Costa Filho e Túlio Gadêlha, todos deputados federais que têm mais de 20 e menos de 40 anos.

A presença de João Campos, com 26 anos, Marília Arraes, com 35 anos, Túlio Gadêlha, com 32 anos, e Silvio Costa Filho, com 37 anos, na disputa pela prefeitura trará discussões mais sintonizadas com o atual momento que a sociedade vive, sobretudo aproveitando a força das redes sociais e abordando a importância das plataformas digitais para a vida na cidade.

Depois de oito anos do PSB no Recife e a eleição dos técnicos-políticos, Geraldo Julio e Paulo Câmara, é provável que a capital pernambucana faça sua opção por jovens políticos tal como já houve em outras cidades em 2016 como Caruaru com a eleição de Raquel Lyra e Petrolina com Miguel Coelho.

Se porventura a eleição ficar entre os jovens políticos citados, teremos não só uma virada geracional na representatividade da capital pernambucana como teremos forjado quadros que certamente protagonizarão a política estadual pelas próximas décadas.


Edmar Lyra


Nenhum comentário:

Postar um comentário