domingo, 13 de outubro de 2019

 Professora encontrada morta em Caruaru foi assassinada pelo namorado que foi preso

ACUSADO             --               VÍTIMA 

Neste domingo (13), a polícia descobriu a autoria e motivação para o assassinato de uma mulher que foi encontrada em um terreno baldio localizado no Bairro Universitário, na cidade de Caruaru, no Agreste do estado de Pernambuco.

Segundo informações, Irandy Amaro de Lima, de 41 anos de idade, se entregou a polícia e confessou ter matado a professora, Jodeilma Maria dos Santos, por meio de asfixia. A vítima era professora, evangélica da Igreja Assembleia de Deus, morava na cidade de Belo Jardim e saiu de casa na última sexta-feira (11), com destino a cidade de Caruaru.

Mesmo contra a vontade de boa parte da família, “Jodeilma” namorava o acusado há aproximadamente 12 anos e antes do crime o casal estava em um restaurante próximo ao local que o corpo foi encontrado.
Informações dão conta que a mulher falou que queria se casar, mas o homem não queria; então a vítima saiu correndo para um terreno baldio, onde teve luta corporal entre os dois e “Irandy” pegou no pescoço da namorada até a morte. Ainda de acordo com informes, o assassino tentou reanimar a mulher e não conseguindo, abandonou o corpo e pegou um táxi até Belo Jardim.



 Blog Jota Lima Agora


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário