segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Mais de 50 toneladas de óleo já foram retiradas das praias de Pernambuco
Cerca de 30 toneladas de óleo foram retiradas do litoral pernambucano neste sábado (19), totalizando 50 toneladas coletadas nos últimos dois dias. A informação é do Governo do Estado, que durante este dia realizou trabalhos de contenção e retirada de óleo do mar e da areia em sete praias locais.

Fragmentos de petróleo foram encontrados nas praias do Reduto, em Rio Formoso; Boca da Barra, em Tamandaré; Barra de Sirinhaém, em Sirinhaém; Mamucabinhas, em Barreiros; Pontal de Maracaípe, Cupe e Muro Alto, em Ipojuca. Manchas de óleo ainda foram observadas nos estuários dos rios Formoso (Tamandaré); Persinunga (São José da Coroa Grande); Mamucabas (Barreiros) e Maracaípe (Ipojuca).

“Tivemos novas praias atingidas hoje. Isso é sinal de que há um volume maior de óleo atingindo o estado. Continuam as dificuldades de identificação de onde essas manchas estão vindo, porque ainda não foi localizado por parte do Governo Federal a fonte poluidora”, informou o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, em coletiva de imprensa realizada no Palácio do Campo das Princesas.

O material removido das praias está acondicionado temporariamente em áreas definidas pelas equipes de trabalho e será levado para a Central de Tratamento de Resíduos Pernambuco (CTR-PE), em Igarassu. “Esse é um tipo de material diferente. Não é comum que as prefeituras façam a coleta. Então, por determinação do governador, foi feita uma contratação específica de empresas de gerenciamento de resíduos perigosos”, afirmou o secretário.

A equipe envolvida na operação reúne 200 pessoas de órgãos estaduais, como Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e CPRH, além de de 350 pessoas, entre voluntários e técnicos das prefeituras. As ações contam com o aparato de 3 helicópteros (da Secretaria de Defesa Social-SDS, Marinha e Ibama); 30 viaturas; 7 caminhões; e 6 barcos, sendo 2 embarcações equipadas com mantas e barreiras de contenção; 2 lanchas, 1 navio-patrulha da Marinha e um barco da Petrobras.

Também foi removido material em alto mar por um dos barcos contratados pelo Governo do Estado, nas imediações da praia de Muro Alto, em Ipojuca. Os trabalhos de remoção continuarão neste domingo (20). A partir das 6h, o Governo do Estado fará um sobrevoo por toda a extensão do litoral pernambucano, de São José da Coroa Grande a Goiânia, para monitorar o avanço do óleo.


Da Folha de PE


Nenhum comentário:

Postar um comentário