sábado, 30 de novembro de 2019

Em Brejo da Madre de Deus-PE, Pacientes e acompanhantes reclamam do descaso da superlotação do transporte TFD
O Tratamento Fora de Domicílio (TFD) foi instituído pela Portaria nº 55 da Secretaria de Assistência à Saúde (Ministério da Saúde). Funciona como instrumento legal para garantir por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) o tratamento médico a pacientes portadores de doenças que não podem ser tratadas no município de origem.

Assim o governo federal autoriza cada município a auxiliar, por meio do benefício, seus pacientes para outras cidades no mesmo estado, e aos governos estaduais agirem da mesma forma quando a necessidade for para uma transferência interistadual.

No caso do Brejo da Madre de Deus no Agreste de Pernambuco uma demanda alta de pacientes por falta de um hospital local as pessoas são deslocadas pelo TFD para buscar tratamento de doenças na capital pernambucana.

Esse tipo de transferência é de responsabilidade do Município.
O problema é que, segundo a denúncia dos próprios pacientes, é que eles vão em situação de desconforto com a superlotação do ônibus que transporta os mesmos que vem piorando cada vez mais.

Sem querer se identificar, uma mulher que utiliza o TFD quando precisa ir à capital para as etapas do processo de tratamento de uma doença disse a nossa equipe de reportagem do blog manhã nordestina nós não aguentamos mais ver essa situação vendo a hora a polícia rodoviária Federal parar o ônibus e nós ficar presos, finalizou.
De acordo com as informações obtidas pela nossa equipe é que o problema é devido o transporte do TFD do Distrito de São Domingo está quebrado há vários dias e todos os pacientes estão indo no ônibus de Brejo sede.                     
Imagens registradas na última quarta-feira dia (27) de novembro mostra o sofrimento de pessoas em pé entre elas idosos.


Blog manhã nordestina.


PROGRAMA DEBATE LIVRE BREJO

Nenhum comentário:

Postar um comentário