segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Governadores do Nordeste passam fim de semana em Paris, sem agenda oficial
Governadores do Nordeste passam fim de semana em Paris, sem agenda oficial
Os governadores do Nordeste iniciaram nesta segunda-feira, 18, uma missão em busca de investimentos na França, Itália e Alemanha, que vai até o dia 22 de novembro. A comitiva partiu rumo à Europa na sexta-feira, 15, e passou o fim de semana, sem compromissos oficiais, em Paris, com despesas pagas pelos cofres estaduais.

Participam da viagem os governadores: da Bahia, Rui Costa; de Alagoas, Renan Filho; do Ceará, Camilo Santana; da Paraíba, João Azevêdo; de Pernambuco, Paulo Câmara; do Piauí, Wellington Dias; do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; e de Sergipe, Belivaldo Chagas. O Maranhão é representado pelo vice-governador Carlos Brandão.

A agenda não foi divulgada porque dependia de confirmações. Falam de “encontros com empresários e representantes dos governos dos países visitados”, mas a lista dos empresários e representantes dos governos não foi divulgada.

A inciativa é do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste). Com 57,1 milhões de habitantes, a região é responsável por 14,3% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Os governadores devem ter encontros com executivos do grupo francês Engie, que atua na geração de energia e com noruegueses da Golar, empresa de transporte de gás natural. Também estão previstas “negociações” com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida). E deve acontecer uma reunião na Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Segundo os organizadores, a agenda dos governadores incluiria ainda encontros com ministros franceses, italianos e alemães.

Boa parte dos governadores do Nordeste não tem boas relações com o presidente Jair Bolsonaro. E vários deles já tomaram o rumo da China, para tentar atrair capital chinês para projetos em seus Estados.

Presidente do Consórcio Nordeste, o governador Rui Costa (PT-BA) deverá prestar contas e apresentar resultados da viagem, anunciando quais foram os “investimentos” obtidos estado por estado “nas áreas de sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas.”


Diário do Poder


Nenhum comentário:

Postar um comentário