segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Em Pernambuco, Agressividade do filho de Eduardo Campos é atribuída à mãe Renata
Irmão de Eduardo Campos quer expor à PGR e Lava Jato ‘lado obscuro’ da família
A certeza de Antônio Campos, irmão do falecido ex-governador Eduardo Campos, é compartilhada por grande parte da família Arraes e políticos de Pernambuco: seria influência de Renata, a mãe, a atitude agressiva do deputado João Campos (PSB-PE), atacou o tio durante sessão da Comissão de Educação da Câmara. 

Ex-militante de partidos de esquerda, Renata tem fama de irascível e xiita, apesar de viúva de Campos, “rei da simpatia” e do arranjo político.  João Campos marca sua atuação na Câmara pelo tom agressivo e pelo uso abusivo de frases feitas e de surrado jargão esquerdista.

Ao interpelar de maneira desaforada o ministro Abraham Weintraub, na Câmara, João Campos afirmou que o tio Antônio “é pior que você”. Há outras razões para a briga, mas Antônio irritou João e sobretudo a mãe Renata ao aceitar presidir a Fundação Joaquim Nabuco, do MEC.

Ministra Ana Arraes (TCU) deu pito no neto: “Liderança se consegue construindo. O desrespeito fica para quem não tem argumentos.”


Com informações da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder


Nenhum comentário:

Postar um comentário