sábado, 4 de janeiro de 2020

Declaração de Raul Henry sobre disputar prefeitura divide opiniões 
Após muita especulação nos bastidores sobre uma eventual pré-candidatura do deputado federal Raul Henry, o emedebista fez pela primeira vez um aceno positivo e mais incisivo quanto à possibilidade de ser novamente candidato a prefeito do Recife nas eleições deste ano.

Apesar da declaração do parlamentar ao programa Cidade em Foco do radialista Alberes Xavier, a eventual pré-candidatura de Henry divide opiniões. Alguns governistas rechaçam a possibilidade, afirmando que a palavra final quanto ao destino do MDB em 2020 cabe ao senador Jarbas Vasconcelos e este já teria sinalizado apoio à postulação de João Campos.

Outros, mais ligados ao MDB, contestam a aliança com o PSB afirmando que Jarbas acatará a decisão de Raul Henry, que se for candidato a prefeito do Recife terá seu apoio irrestrito, pois é seu correligionário e configura-se no seu mais proeminente herdeiro político.

O fato é que o destino do MDB em outubro poderá ser determinante para o desfecho da eleição deste ano, se ficar com o PSB desencoraja outros partidos a romperem com a Frente Popular contribuindo para a manutenção da hegemonia do PSB na capital pernambucana, enquanto um rompimento para lançar uma candidatura própria pode ter um efeito manada muito grande devido o simbolismo da saída de Jarbas Vasconcelos da aliança liderada pelo PSB, tendo papel determinante para um eventual insucesso de João Campos em outubro.

Independente do desfecho desta história, a declaração de Raul Henry causou polêmica no meio político e a depender dos próximos passos, teremos desdobramentos que afetarão diretamente o cenário das eleições de 2020 e pode ter consequências para 2022.


Edmar Lyra


PROGRAMA DEBATE LIVRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário