quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE-PE, SUSPEITOS DE MATAR PORTEIRO DE ESCOLA, SÃO CAPTURADOS COM ARMA DE FOGO E POR CRIME AMBIENTAL
Policiais do 24º BPM – Batalhão da Polícia Militar – apresentaram na Delegacia de Plantão em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional de Pernambuco, dois elementos suspeitos de praticar o homicídio do último domingo (23), em que vitimou o parteiro da escola do bairro Santo Agostinho, Gildo Manoel da Silva, de 45 anos de idade.
 
A ação aconteceu depois que o efetivo prendeu um assaltante identificado como Wedenilson Anderson Gonzaga Bezerra de Souza, de 27 anos, que teria tomado uma motocicleta em um assalto e praticado alguns roubos na cidade.
Ainda de acordo com as informações, ao perceber que o indivíduo estava muito nervoso, o efetivo indagou-lhe a respeito do crime de morte e o ‘Neguinho’ como é mais conhecido, falou que o homicídio havia sido praticado pelo seu irmão Bueno Wilker Laurentino Gonzaga, de 20 anos juntamente com um comparsa identificado como Bruno Soares, de 22 anos e negou qualquer participação no assassinato.
Os policiais fizeram trabalhos de inteligência e campana até chegar a captura Bueno que informou que a arma de fogo, supostamente utilizada para assassinar o Porteiro estaria na casa do Bruno que foi preso posteriormente tentando esconder o revólver cal. 38 na laje do banheiro da casa onde mora.

Na oportunidade, ainda foram apreendidas algumas gaiolas com pássaros silvestres. Os envolvidos negam participação no homicídio e foram apresentados na Delegacia de Plantão da Capital da Moda aonde foram adotadas as medidas cabíveis.


 Blog Agreste Notícia


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário