quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Suspeito de tentar assaltar ônibus foi morto a tiros por desconhecido no Agreste de Pernambuco

Na tarde da quarta-feira 19 de fevereiro de 2020 um ex-presidiário foi morto a tiros dentro de um ônibus da empresa Caruaruense, na Vila Rafael, na zona rural de Caruaru. 

Deivyson de Oliveira Ramos, de 30 anos, que era natural de Vertentes e saiu do presídio agora no mês de dezembro. De acordo com as primeiras informações ele e o suposto comparsa embarcaram no ônibus que faz a linha Caruaru/Santa Cruz do Capibaribe e ao chegarem no Rafael alguns passageiros pediram para descer e quando o ônibus parou ele anunciou o assalto e um homem ainda não identificado reagiu ao assalto e matou o Deivyson.
Testemunhas informaram que ouviram os disparos e os passageiros saíram correndo, o suposto comparsa do Deivyson também saiu com os passageiros, atravessou a rodovia, pegou um outro ônibus da Caruaruense e foi preso por policiais do 4º BPM, já no terminal rodoviário, quando tentava embarcar para o Recife.
O delegado titular da 19ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, que investiga o caso, Dr. Bruno Machado, disse que o suspeito apresentado pela PM negou ter tido participação na tentativa de assalto, que pela falta de provas não teve como autuá-lo em flagrante por várias circunstâncias, a arma de fogo que ele teria fugido com ela não foi encontrada, as duas únicas testemunhas, o cobrador e o motorista não viram ele e nem o seu amigo anunciando o assalto.
O homem que teria atirado nele, que supostamente é um policial militar também não se apresentou e os demais passageiros foram embora antes da chegada da Polícia Civil num outro ônibus da empresa e agora espera que essas pessoas que presenciaram o ocorrido que procurem a 19ª Delegacia de Homicídios, que fica ao lado do terminal rodoviário e em último caso que forneçam informações através do Whatsapp Denuncia da Divisão de Homicídios (81) 9 9488-704 e para o Disque Denúncia Agreste 3719-4545, que terão garantia do anonimato, porém é preferível que vá até a delegacia para que o depoimento conste no inquérito.
Apesar dessa morte ter ocorrido numa suposta tentativa de assalto, o caso está sendo contabilizado como crime de morte, elevando para 10 homicídios em fevereiro e 21 no ano de 2020 em Caruaru e o corpo foi encaminhado para o IML local.


Blog Adielson Galvão


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário