sexta-feira, 13 de março de 2020

Filha posta foto do pai triste por não conseguir vender salgados e viraliza na web
O que parecia ser um fracasso nas vendas, viralizou nas redes e se tornou uma rede de ajuda para alimentar pessoas em situação de rua. O caso de Agrinaldo dos Santos, de 51 anos, que apareceu triste nas redes sociais por não vender nada no primeiro dia de negócio comoveu internautas pelo Brasil.

Agrinaldo trabalhou durante quatro anos e seis meses como trocador de ônibus e foi demitido em janeiro. Com o dinheiro da rescisão, pensou em realizar o sonho de abrir uma padaria. Porém, com o equipamento que conseguiu comprar, só conseguiu produzir e vender bolos e salgados.

Desta forma, ele começou vender salgados e bolos em uma praça da cidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. No primeiro dia, ele ficou das 18h às 23h30 no local e só vendeu um pastelão para uma sobrinha.

Vendo o pai cabisbaixo, a filha caçula de Agrinaldo, Natália Cristina dos Santos, de 16 anos, fez a foto do pai e postou um desabafo no Twitter, convidando as pessoas a passarem pela praça.

Com a repercussão, clientes começaram a procurar e a comprar bolos e salgados do vendedor. Natália também criou o Lanche Solidário para alimentar pessoas em situação de rua. Quem mora longe está depositando o dinheiro


Blog Manhã Nordestina.


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário