terça-feira, 7 de abril de 2020

 Motorista de ônibus morre em após sentir falta de ar; teste para COVID-19 foi feito
Um motorista de ônibus, morador do bairro Manoel Chéu, morreu na madrugada desta terça-feira (07), com suspeita do novo Coronavírus, Covid-19.

Edmilson Bahia de Andrade tinha 49 anos e segundo a família, deu entrada no Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro na quinta-feira (02), queixando-se de cansaço, febre, fraqueza e falta de ar, ainda no hospital foi diagnosticado com Pneumonia, medicado e recebeu alta, dias depois teve uma piora no quadro clínico e foi novamente à emergência do Hospital, porém, segundo informou a família, na unidade não tinha leito disponível.

Edimilson procurou o Hospital Regional Dom Moura, onde fizeram a coleta para confirmar ou não se o mesmo era portador do Covid-19 ou H1N(resultado ainda não divulgado) e mais uma vez, Edmilson recebeu alta e foi liberado para retornar pra casa.

Ainda segundo a família na noite desta segunda (06), Edmilson retornou ao hospital queixando-se de falta de ar, e de imediato foi entubado por seu quadro clínico ser considerado crítico.

Às 04h00, Edmilson não resistiu e veio a óbito. O sepultamento aconteceu nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (07), por se tratar de suspeita de Covid-19, a Vigilância Sanitária não permitiu que a família pudesse acompanhar o sepultamento. O Hospital Regional Dom Moura ainda não se pronunciou sobre o caso.


Imagens; reprodução / redes sociais / Via Comando Policial


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário