terça-feira, 14 de abril de 2020

Em Jataúba, Fabio Mamão assume o PP e se fortalece para as eleições de 2020
As eleições municipais de 2020 ainda continuam indefinidas quanto a data de sua realização, tudo isso em virtude da crise em que o país encontra por conta do Coronavírus (COVID-19), que tem gerado um caos na saúde e economia do país. Os últimos dias que antecederam o prazo final para as filiações partidárias foram movimentados na cidade de Jataúba e quase que no apagar das luzes surgiu um fato novo na política jataubense onde um partido que era disputado por duas alas políticas e tinha tudo pra ser protagonista no pleito de 2020 ficará fora da disputa e quem poderia sair como perdedor na verdade saiu fortalecido nesse jogo de estratégias onde ter calma muitas das vezes é a melhor opção.

O fato é que o PSB estava sob o controle do atual prefeito Antônio de Roque e tinha como principais nomes o secretário de agricultura do município Izael Monteiro, o vereador Jackson Bruno e o vice-prefeito Jackson Buraco e nos últimos meses o deputado Diogo Moraes tinha dado como certo a ida do partido para a oposição onde Fábio Mamão seria pré-candidato a vice pela sigla e depois de alguns imbróglios nos bastidores a sigla acabou continuando por opção do próprio Mamão sob o comando de Roque.

Mamão por sua vez proporcionou talvez a maior surpresa desse processo já que ao apagar das luzes se filiou ao PP de Eduardo da Fonte em uma jogada política que poderá lhe render bons frutos já que o mesmo também é amigo do deputado estadual Eriberto Medeiros também do PP e que é atualmente está como presidente da ALEPE. Em 2016 o PP estava sob o comando do jovem Júnior Siqueira que tentou disputar a prefeitura do município e agora o partido tem Fábio Mamão como presidente em Jataúba, o blogueiro Luiz Carlos (Collar) como vice-presidente, José Venâncio Leite Clementino como secretário, Natanael Manoel Leite como tesoureiro e Ana Flávia Siqueira como membro e vai para majoritária já que foi confirmado o nome Fábio Mamão como pré-candidato a vice.

Com relação ao PSB que ficou mesmo com o atual prefeito, informações extra oficiais dão conta de a sigla que estava cotada pra fazer parte da majoritária ficou sem representatividade, uma vez que segundo informações não terá espaço nas eleições de 2020 isso porque o vice e pré-candidato a prefeito Jackson Buraco bem como o vereador Jackson Bruno se filiaram ao MDB partido que irá compor a cabeça de chapa e a proporcional e alguns nomes que podem surgir como candidatos a vice-prefeito na chapa estão filiados ao (PODEMOS) partido comandado pelo deputado federal Ricardo Teobaldo.

Com isso o PSB poderá sair da evidência ao esquecimento em Jataúba, coisas que o só o tempo dirá.

Jota Silva / Folha de Jataúba

PROGRAMA DEBATE LIVRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário