quinta-feira, 9 de abril de 2020

Em reunião com Governo do Estado, deputada Alessandra Vieira (PSDB) pede ações para os municípios
A deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB) participou, na tarde/noite desta quarta-feira (08), de uma reunião com o governador Paulo Câmara, deputados estaduais e os secretários de Saúde e de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Alexandre Rebêlo e André Longo.

No encontro por videoconferência, o Governo do Estado apresentou aos parlamentares um panorama do avanço do coronavírus em Pernambuco e as medidas que estão sendo tomadas para conter e amenizar os impactos da Covid-19.

Durante a reunião, a deputada, única representante de Santa Cruz do Capibaribe a registrar presença, pediu mais agilidade e transparência na divulgação dos resultados dos exames, solicitou o envio de material de testagem e de trabalho para os profissionais de saúde e aproveitou para solicitar ao governador e aos 40 deputados presentes no encontro que comprem e indiquem às prefeituras a compra dos EPIs produzidos no Polo de Confecções.

“Foram cinco horas de reunião entre os deputados e o Governo do Estado. Em minha fala eu cobrei as ações mais importantes para os municípios nesse momento, espero que seja atendida. Também espero que o governador seja sensível à urgência da aplicação dos recursos das nossas emendas”, pontua Alessandra.

Ações parlamentares; A deputada Alessandra Vieira apresentou Ofício e Indicação solicitando ao governador que a produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) utilizados pelos profissionais de saúde no combate ao novo coronavírus, seja direcionada ao Polo de Confecções de Pernambuco.

Apresentou também dois Projetos de Lei, o 1017/2020 , que determina a suspensão de registro, anotação, cobrança e protesto de títulos de pessoas físicas e jurídicas durante o período em que estiver vigente o Estado de Calamidade Pública em Pernambuco; e o 1037/2020, que estende a validade dos alvarás, documentos e certidões de âmbito estadual cujo vencimento coincida com o período de Calamidade Pública, autorizando o estado a aceitar documentos que tenham expirado sua validade no intervalo de tempo da pandemia.

Alessandra Vieira também direcionou R$ 1,5 milhão em recursos de suas emendas parlamentares para a área de Saúde do estado, para compra de respiradores, de EPIs e ambulâncias.


Fonte Assessoria




Nenhum comentário:

Postar um comentário