sábado, 16 de maio de 2020

É LAMENTÁVEL EM JATAÚBA A POLI-VALENTE GUARDA MUNICIPAL NÃO RECEBERÁ UMA VIATURA DIFERENTE DE OUTRAS CIDADES
Jataúba está fora da lista dos municípios que serão contemplados com viaturas para as Guardas Municipais. As viaturas são oriundas de emenda de Bancada dos deputados Federais de Pernambuco. Ao todo serão distribuídos 280 veículos para 54 municípios do estado.

Recentemente, noticiamos que a Guarda Civil Municipal de Jataúba receberia uma dessas viaturas por indicação do deputado federal Silvio Costa Filho (REPUBLICANOS), porém, na tarde desta quinta-feira (14), recebemos a notícia de que o município estava fora da lista dos municípios contemplados, por não atender alguns requisitos básicos, como por exemplo, possuir guardas efetivados.

Além da indicação de Silvio Costa Filho, obtivemos a informação de que o município poderia receber mais duas viaturas que seriam indicadas pelo ex-deputado Bruno Araújo (PSDB) e pelo deputado Ricardo Teobaldo (PODEMOS) mas, no apagar das luzes, o município não receberá nenhuma.

É público e notório que a Guarda Municipal de Jataúba desempenha um trabalho eficaz, e muita das vezes fazem mais do que as possibilidades lhes permitem. Falta uma estrutura adequada, falta equipamentos, falta quase tudo. Os veículos que a Guarda hoje dispõe são três motocicletas, que foram adquiridas recentemente pela prefeitura, porém é muito pouco. Outros veículos que foram doados por empresários passam mais tempo nas oficinas do que servindo a Guarda. Falta uma viatura para que os mesmos possam realizar as diligências na cidade e zona rural, não há possibilidade de conduzir um suspeito para averiguações sem um transporte adequado.

Há quase um ano, o presidente da câmara municipal, Paulo Floriano (MDB), disse que doaria um dos veículos da câmara para a Guarda Municipal, porém esse veículo ainda não foi doado e segue sem serventia para câmara e para a guarda, mas, serve para terceiros.

No dia 19 de junho de 2018 foi sancionada a Lei Municipal nº 652/2018 que dispõe sobre a criação da Guarda Civil Municipal. Alguns artigos desta lei dizem que: integram a estrutura da Guarda Municipal de Jataúba: Viaturas de administração e viaturas de segurança; veículo tipo moto; armamentos não letais; fardamentos entre outros. Além disso, a presente lei estabelece o número de 29 cargos para o quadro efetivo da Guarda.

Passados quase dois de sua criação e um concurso público em andamento, o fato é que muito ainda tem que ser feito para que a Guarda Municipal de Jataúba tenha estrutura suficiente para atender as demandas do município. Se os prazos do concurso público não tivessem sofrido alterações, o concurso já poderia ter sido homologado há um bom tempo e a prefeitura poderia ter efetivado pelo menos alguns aprovados para a função de Guarda. Dessa forma, o município de Jataúba não teria perdido essa, ou essas viaturas.

O que mais intriga é que os poderes constituídos, parecem não estar muito preocupado com esta situação e Jataúba tem sofrido percas importantes que poderiam beneficiar a população. Esperamos que ao final desta pandemia, salários não sejam a prioridade.


Blog de Didi Ramos


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário