terça-feira, 19 de maio de 2020

Em Jataúba, grupo denominado 'A Nova Força' ingressa com ação no MP cobrando mais ações da prefeitura no combate ao COVID-19.
MPPE homologa resultado do concurso público para servidores
 O grupo denominado “A nova força” (4ª Via) da cidade de Jataúba no Agreste pernambucano ingressou na última sexta-feira (15) com mais uma ação no Ministério Público. A manifestação Nº 118025 foi impetrada por um dos líderes do grupo, Euzébio Sena que cobra da atual gestão ações mais agudas no município em face da pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19).

 Dentre as cobranças está uma maior fiscalização do MP junto à prefeitura municipal e câmara de vereadores local com relação às ações realizadas no município. Outro pedido foi que haja um estudo mais aprofundado que e medidas mais duras de isolamento social sejam adotadas pelo poder público, bem como a avaliação e implantação se necessário do chamado (lockdown) que é uma medida mais radical de isolamento social.

 “Nossa preocupação é com as vidas, e estamos cobrando do MP que cobre do poder público ações mais dinâmicas, a cada dia aumenta o número de casos, e talvez um (lockdown) de 2 ou 3 semanas pudesse impedir esse crescimento, não podemos correr o risco de que mais pessoas venham a óbito por causa dessa doença”, destacou Euzébio. Vale destacar que outra ação movida pelo grupo já tramita no MP, essa, contestando o sancionamento por parte do prefeito do município do projeto de lei que regulamenta o reajuste de salários de prefeito, vice, vereadores e secretários municipais a partir de janeiro de 2021. 


Informações Jota Silva / Folha de Jataúba


PROGRAMA DEBATE LIVRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário