sábado, 16 de maio de 2020

Governador Paulo Câmara prorroga fechamento do comércio até 31 de maio. A prorrogação do prazo de fechamento do comércio, indústria e empresas prestadoras de serviços está prevista no artigo 15º do decreto estadual.
A suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais e prestadores de serviço em Pernambuco foi prorrogada até o dia 31 de maio, por determinação do governador Paulo Câmara.

A exceção fica para as atividades consideradas essenciais, previstas no decreto estadual nº 49.024/2020, que estabelece o período de quarentena em cinco municípios da Região Metropolitana do Recife, entre os dias 16 e 31 de maio.
Entre as medidas adotadas na quarentena rígida está o rodízio de veículos em dias alternados, de acordo com o último numeral da placa (par ou ímpar).l, publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (15).

A restrição à circulação de veículos e o fortalecimento da fiscalização nas ruas e em estabelecimentos comerciais são medidas que visam coibir ao máximo a circulação de pessoas nas cinco cidades que concentram mais de 70% das notificações de contaminação pela covid-19 no Estado.


Assessoria


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário