segunda-feira, 8 de junho de 2020

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém poderá ser cancelada! "Estamos dependendo de uma posição do governo do estado". Diz presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova, Robinson Pacheco
Depois do cancelamento da Cavalgada de Santana, que seria realizado no dia 04 de julho por conta da pandemia do covid-19. Em julho deverá ser comunicado o cancelamento da Paixão de Cristo, que estava previsto para ser realizado no mês de setembro.

Segundo informações de várias pessoas que fazem parte da organização da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, realizada no distrito de Fazenda Nova, município de Brejo Madre de Deus, há 99% de chances de não haver a encenação da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém neste ano de 2020.
Para obter mais informações, procurei o presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova, Robinson Pacheco e questionei sobre a veracidade da não realização da Paixão de Cristo neste ano de 2020.

"É lamentável a gente tem uma história de 53 anos de apresentações ininterrupta dentro das muralhas da Nova Jerusalém, e devido a um problema de saúde pública mundial a pandemia agente foi obrigado a cancelar a temporada em abril, e prorrogamos para setembro e estamos dependendo de um apoio do governo do estado para ser realizado, mas é lamentável porque a Paixão de Cristo um evento de grandes proporções que tem uma participação sócio-econômica e cultural muito grande, agente sabe que o não acontecimento de um evento dessa magnitude interfere diretamente na vida de muitas pessoas, mas vamos agradecer a Deus por estarmos com saúde e pedir a Deus para que tudo isso passar, e agente volte a realizar esse grande evento que é tão importante para o turismo de Pernambuco a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém."

"Em 2021 serão 54 anos de Paixão de Cristo dentro das muralhas da Nova Jerusalém, e os projetos são praticamente os mesmos desafios, é fazer com que o espetáculo cresça cada ano e fazer com que ele evolua como evento, se modernize se utilizando de várias e novas tecnologias que surgem no decorrer de um ano para o outro, e a gente está sempre atento as inovações e preocupados e fazer com que o evento cresça, atrai mais turistas do Brasil inteiro e do mundo e faça com que ele compra sua função sócio-econômica e cultural que vem sendo desenvolvido desde 1968 dentro das muralhas."

Pela resposta do Robinson Pacheco, nota-se que é quase impossível a realização do evento esse ano. Primeiro ponto, não temos certeza sobre o final da pandemia do covid-19. Outro ponto bastante curioso será o apoio do governo estadual, logo após a uma pandemia. Terceiro e último ponto, Robinson Pacheco jamais colocaria em risco, o trabalho e o respeito construído ao logo dos 53 anos.

''Que fique claro, em nenhum momento o presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova Robinson Pacheco, pronunciou a frase que não haveria o maior espetáculo de teatro a céu aberto do mundo. "Estamos dependendo de uma posição do governo do estado." Finalizou Robinson Pacheco.


Blog do França


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário