quinta-feira, 30 de julho de 2020

Coluna escrita por Jota Silva ''Botando a Boca no Trombone''
Portal do Agreste - Notícias, Política, Segurança, Saúde
Estamos vivenciando os últimos dias que antecedem o início das convenções partidárias que irão oficializar quem de fato irá para a disputa das eleições municipais do dia 15 de novembro, data das eleições municipais desse ano, e nos bastidores a chapa começa a esquentar. Jataúba no Agreste de Pernambuco vive essa expectativa e nos últimos dias alguns fatos chamaram a atenção de imprensa e de todos aqueles que vivenciam a política de perto no município.

Quem sai na frente? Uma das principais mudanças das eleições desse ano não será data e sim a forma de se aproximar do eleitor, em tempos de pandemia a forma mais viável será mesmo através da internet, e a pergunta que fica é: Quem irá aproveitar melhor essa ferramenta? Alguns personagens da política jataubense já deram esse passo e buscam surpreender velhos conhecidos que ao que parece vão insistir nas velhas práticas de fazer campanha e podem ser engolidos nas urnas. É bom abrir o olho.

Um bom ou mau negócio? Essa é a interrogação que está na cabeça de alguns pré-candidatos quando se trata de atrelar seus nomes ao novo jeito de fazer campanha que deu certo para o Presidente Jair Bolsonaro, isso porque depois de uma queda na sua popularidade Bolsonaro começa a se recuperar, pelo menos é o que mostram as últimas três pesquisas divulgadas pelos veículos de imprensa, como se não bastasse melhorar a avaliação do seu governo, Bolsonaro lidera a corrida presidencial em todos os cenários tanto no primeiro quanto em segundo turno e atrelar o nome a ele pode ser um bom ou mau negócio e tal situação terá que ser bem avaliada pelos pré-candidatos. Quem irá arriscar?

Saiu da toca;  Após se envolver em algumas polêmicas e um sumiço repentino da mídia o prefeito de Jataúba Antônio de Roque (MDB) saiu da toca e concedeu uma entrevista em uma emissora de rádio de Taquaritinga do Norte, e segundo ele, no dia 15 de agosto irá anunciar a população de Jataúba quem serão candidatos a prefeito e vice do seu grupo, a grande expectativa é que seja oficializado mesmo o nome do vice-prefeito Jackson Buraco (MDB) para cabeça de chapa, quanto ao vice, essa é uma grande interrogação, já que vários nomes são comentados e sonham com essa vaga. Outra coisa que chama a atenção é a jogada de marketing uma vez que já vem sendo trabalhado pelo grupo o fato das eleições serem realizadas em 15 de novembro e coincidência ou não o gestor escolheu 15 de agosto para apresentar os pré-candidatos. Vamos aguardar.

Recebeu o convite; Nesta sexta-feira em entrevista no programa Papo Reto o pré-candidato da Nova Frente Euzébio Sena (REDE) deixou escapar que havia recebido um convite para desistir de lançar a candidatura a prefeito e compor a majoritária de um dos grupos da cidade, questionado, Euzébio confirmou que o convite veio do grupo de situação de Jataúba, porém, não confirmou se as pessoas que o procuraram são mais ligadas ao atual prefeito, ao vice-prefeito ou aos dois. Fato é que, diante da informação surgem várias interrogações que só o tempo irá responder. Os interlocutores foram em nome próprio, ou enviados pelas lideranças? Tendo Euzébio aceitado, os pretensos nomes que hoje buscam essa vaga levariam uma rasteira? Qual a intenção do grupo de situação de tirar Euzébio do páreo?

Cartas na mesa; Em entrevista também nesta sexta-feira o líder da terceira via Boy Ribeiro (Republicanos) colocou as cartas na mesa e não aliviou nas críticas a atual administração. Com várias frases de efeito como já costumeiro por parte de Boy o mesmo deixou claro que não existe nenhuma possibilidade de apoio da sua parte ao seu sobrinho Jackson Buraco como algumas pessoas ainda acreditam e de forma direta deixou três frases que soam como um recado direto a atual administração do município. 1- “Quem diz essas coisas não me conhece”, (se referindo há um possível apoio a Buraco). 2 – “Nossa intenção é fazer com que o povo de Jataúba se liberte”. 3 – “As coisas em Jataúba estão boas pra meia-dúzia e pessoas”, (falando sobre a falta de vários serviços considerados pelo mesmo como básicos no município).

Fato é que o jogo está apenas começando e tende a esquentar, jogo esse que o fator principal que fará a diferença no final poderá ser a estratégia, uma vez que com as restrições causadas pela pandemia só o gás não será suficiente para conquistar o eleitor.


Jota Silva / Folha de Jataúba


PROGRAMA DEBATE LIVRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário