quinta-feira, 9 de julho de 2020

Grupo explode muro, e detentos fogem de presídio em Limoeiro, Agreste de Pernambuco
Um número ainda não identificado de detentos fugiu da Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, na madrugada desta quinta-feira 09 de junho de 2020. Segundo a Polícia Militar, homens que chegaram em um carro, por volta das 3h30, usaram explosivo para abrir um buraco no muro da unidade e metralharam a guarita. 
Cerca de 25 presos teriam fugido. Os bandidos espalharam dezenas de grampos na pista principal e abandonaram um carro nas proximidades do presídio. Deixaram para trás, ainda, explosivos e cápsulas de bala.
Durante a explosão, um cachorro da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) foi morto.
Em entrevista à Rádio Jornal, o PM Ramos, que trabalha na parte externa do presídio, afirma que uma investida como a desta quinta nunca havia acontecido na unidade. "Eram muitos. Arrombaram o muro, mas não chegaram a derrubar. Teve fuga, a gente só não sabe a quantidade de presos." Ele explica que nem os policiais militares, nem os agentes ficaram feridos durante a ação.
O secretário Cícero Márcio de Souza Rodrigues está no local. Por meio de nota, a Seres explicou que a evasão se deu por volta das 4h, e que os presos foragidos estão sendo identificados e tropas especiais da Polícia Militar já trabalham na recaptura. A pasta acrescentou, ainda, que uma sindicância administrativa será aberta para apurar as circunstâncias em que o caso ocorreu.
Entre os fugitivos está Jerry Adriani Gomes da Silva, mais conhecido como Nego de Lídio, um dos maiores assaltantes de carro forte e homicidas de Pernambuco. Anteriormente, já fugiu da Penitenciária Professor Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá.
Nota de esclarecimento. "A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informa que registrou na manhã desta quinta-feira (09/07) a fuga de detentos da Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro. A evasão se deu por volta das 4h, através da explosão de um dos muros da unidade prisional. Os presos foragidos estão sendo identificados e tropas especiais da Polícia Militar já trabalham na recaptura. A Seres acrescenta, ainda, que uma sindicância administrativa será aberta para apurar as circunstâncias em que o caso ocorreu."


Blog Agreste em Alerta


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário