segunda-feira, 13 de julho de 2020

Pernambuco confirma 1.100 casos de Covid-19 em pleno domingo
Os resultados foram divulgados neste domingo (10) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). (Foto: Marijan Murat/AFP. )
Em pleno domingo (12), Pernambuco registrou 1.100 novas infecções pelo novo coronavírus. Dentre os novos casos, 987 (89%) são considerados leves e 113 (11%) graves, classificados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Também foram contabilizadas 39 mortes causadas pela Covid-19. O estado acumula, ao todo, 72.470 casos - 21.087 graves e 51.383 leves - e 5.595 óbitos.

PUBLICIDADE; As informações são do boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que também contabiliza 50.850 pessoas recuperadas da doença. Desse total, 10.611 são de casos graves, que demandaram leitos do sistema de saúde, e 40.239 leves. Os casos graves estão distribuídos por 181 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha. Já os leves foram registrados em 183 cidades e em Noronha. Nesses quatro meses de pandemia, também tiveram ocorrências de Covid-19 em pacientes de outros estados e países.

Mortes; Dos 39 óbitos confirmados laboratorialmente neste domingo, 14 são de mulheres e 25 de homens. Morreram pessoas que moravam nas cidades de Água Preta (1), Arcoverde (1), Canhotinho (1), Camaragibe (2), Caruaru (1), Cabo de Santo Agostinho (3), Jaboatão dos Guararapes (8), Paulista (3), Garanhuns (1), Petrolina (2), Ouricuri (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Lourenço da Mata (1), Vitória de Santo Antão (2), Olinda (5), Recife (2), São Vicente Ferrer (1), Maraial (1), Lajedo (1) e Igarassu (1).

As mortes do boletim de domingo ocorreram entre 18 de maio e 11 de julho. Os pacientes tinham idades entre 25 e 96 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (1), 40 a 49 (3), 50 a 59 (6), 60 a 69 (6), 70 a 79 (7), 80 anos ou mais (15). Dos 39 pacientes que vieram a óbito, 18 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (5), diabetes (8), doença cardiovascular (7), doença renal (3), doença hepática (1), doença neurológica (1), doença respiratória (1), histórico de AVC (1), obesidade (1), Alzheimer (1), histórico de etilismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Quatro não tinham comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios.

Profissionais de saúde; Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 17.119 casos foram confirmados e 22.476 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Decreto; O governo de Pernambuco, por meio de decreto publicado no Diário Oficial de 11 de julho, regulamenta novas medidas relativas à emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus. Fica permitida, a partir desta segunda-feira (13), nos clubes sociais situados em todo o Estado, a prática de atividades esportivas em modalidades individuais, exceto lutas. Os esportistas, no entanto, devem observar as determinações constantes em portaria conjunta da SES com a Secretaria de Educação e Esportes (SEE), para respeitar os protocolos de realização dessas atividades.

Ainda a partir desta segunda-feira, fica permitida também, nas instituições de ensino superior situadas no Estado, a realização de aulas práticas e de estágio curricular presenciais relativas ao primeiro semestre letivo. A medida também abrange as instituições de educação profissional e técnica, nos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) ou de qualificação profissional. Essa autorização não se aplica para cursos técnicos de nível médio, em instituições públicas e privadas, e para as demais atividades pedagógicas de instituições de ensino superior, que seguem suspensas até o dia 31 de julho.

Avanço no Agreste e recuo no Sertão; Os municípios do Agreste, que estavam na Etapa 2 do Plano de Convivência com a Covid-19, avançam para a Etapa 4, nesta segunda-feira (13). Lojas de varejo de rua, salões de beleza e estética, comércio de veículos, incluindo serviço de aluguel e vistoria, com 50% da carga, construção civil com 100% do efetivo e shoppings centers com atendimento presencial poderão abrir as portas. Igrejas e templos religiosos também vão poder realizar celebrações. Tudo isso respeitando os protocolos para conter a disseminação do vírus. As cidades do Sertão pernambucano permanecem ainda nesta mesma fase, na etapa 4. I

Ajuda; Dentro das medidas de assistência social para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus, o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa aprovou e Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), vai entregar a 73 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) cartões eletrônicos pré-pagos para compra de alimentação e materiais de higiene pessoal e limpeza.

Ao todo, serão direcionados R$ 500 mil para manutenção das ILPIs públicas e privadas sem fins lucrativos acompanhadas pelo Projeto HumanIdade. O valor sairá do Fundo Estadual da Pessoa Idosa, provenientes de Lei de Incentivo Fiscal. O ato de entrega dos cartões será realizado na próxima segunda-feira (13), na sede da SDSCJ, a partir das 9h. O repasse será realizado durante três meses por meio de créditos mensais no cartão emitido para as instituições.

Os valores variam de acordo com a quantidade de idosos e idosas atendidos pelas entidades, sendo o benefício de R$ 71,93 per capita. A verba deverá ser usada para custeio de alimentação (60%) e higienização (40%). As ILPIs devem prestar contas do uso através de notas fiscais, que deverão ser enviadas para o monitoramento da SDSCJ, através da Coordenadoria da Pessoa Idosa. As entidades também devem assinar termo de aceite para receber o recurso.


Fonte Diário de Pernambuco


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário