segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Primeiro turno terá uma hora a mais de votação, diz TSE
Nas eleições municipais deste ano, o 1º Turno, que acontecerá em 15 de novembro, terá uma hora a mais para votação, devido à pandemia do novo coronavírus. Hoje, esse horário é das 8h às 17h. A informação foi dada pelo ministro Luiz Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, nessa quarta-feira (5), ao apresentar o perfil do eleitorado brasileiro para o pleito deste ano, e consta no blog da jornalista da Rede Correio Sat, Sony Lacerda.

Barroso disse ainda que o primeiro horário da votação será reservado aos eleitores maiores de 60 anos, principal grupo de risco para contaminação por Covid-19. A definição sobre essa questão do horário da votação no dia da eleição deve sair até o fim do mês. “O martelo ainda não foi batido, mas é certo que estenderemos esse horário em mais uma hora”, reforçou o presidente.

A Corte Eleitoral determinou ainda que estatísticos do órgão calculem os períodos, durante o dia de votação, de saturação da urna eletrônica em cada sessão eleitoral. Em todo o país, são 473.527 seções eleitorais, o que significa o mesmo número de urnas. Os cálculos podem subsidiar o TSE, caso queira estipular horários para votação por faixa etária.
Registro de candidaturas

O ministro Luiz Roberto Barroso fez um apelo aos partidos e candidatos para que não deixem para última hora o registro de candidatura online. Segundo ele, nas últimas eleições, o sistema ficou congestionado nos dois últimos dias, provocando uma correria para o registro presencial.
Número de partidos

Dados do TSE mostram que o país tem 33 partidos políticos em atividade e aptos a participar das eleições municipais. O ministro Barroso informou ainda que existem outras 84 legendas em formação.


Agência Brasil


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário