sábado, 3 de outubro de 2020

No Cariri Paraíbano, Boa Vista, São J. do Cariri, Gurjão e Caraúbas estão autorizados a realizarem eventos políticos, mas deverão seguir critérios estabelecidos pelo TSE e órgãos de saúde
Foi promovida na manhã desta sexta-feira (02), no auditório da Câmara Municipal de São João do Cariri, uma reunião para debater a respeito dos atos de propaganda eleitoral, além da realização de eventos com aglomerações em meio a pandemia Covid-19, nas cidades Boa Vista, São João do Cariri, Gurjão e Caraúbas, que atualmente compreende a 22º zona eleitoral. 
A reunião foi coordenada pela juíza designada pela 22º zona eleitoral, Dra. Giuliana Madruga, que ainda contou a presença da promotora, Dra. Rhomeika Maria França, dos técnicos da justiça eleitoral, dos representantes das coligações partidárias e candidatos a prefeito, além de representações das forças policiais, a exemplo do comandante da PM, Major Cláudio.

Após debaterem sobre o panorama e a realidade acerca de cada município e ouvir a opinião dos candidatos, ficou acordado que os municípios não estão proibidos de realizarem comícios, carreatas e passeatas, mas deverão obedecer os critérios estabelecidos pelo TSE que RECOMENDA a não realização de eventos que hajam aglomerações, e que sim realizados, possam seguir todas as normas estabelecidas pelos órgãos estaduais e municipais de saúde, acerca do distanciamento social e o uso de equipamentos de prevenção, como máscaras e álcool em gel.

A promotora Rhomeika Maria França externou decisão contrária a não realização de eventos nos municípios que ainda estivessem sem a bandeira verde, estabelecida pelo governo estadual e que já entrou com uma representação para que seja revista uma decisão definitiva sobre o caso. Porém, o Ministério Público ficará atento acerca das infrações e futuras representações judiciais sobre os eventos partidários.

Em momento, foram sorteados os dias específicos para cada partido realizar o seu evento político. As propagandas voltadas para a circulação de carro de som estão permanentemente proibidas durante a campanha eleitoral.

Ao final da reunião, a juíza Rhomeika Maria França, orientou os representantes de coligações e candidatos a manter todos os cuidados necessários acerca da proliferação do novo vírus e que a democracia possa prevalecer durante todo o período eleitoral.


De Olho no Cariri

Nenhum comentário:

Postar um comentário