sábado, 21 de novembro de 2020

EM BREJO DA MADRE DE DEUS-PE, MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE A CASSAÇÃO DO REGISTRO OU DIPLOMA DE ISMAR AGUIAR DO PSL

O promotor de justiça Dr. Antonio Rolemberg entrou com uma ação de investigação judicial (AIJE) requerendo a cassação do registro ou diploma do vereador eleito Ismar Aguiar, cumulada com aplicação de multa, por suposta compra de votos.

Segundo o promotor, em 06 de novembro de 2020 o vereador eleito Ismar Aguiar teria visitado a residência de uma eleitora e lá teria oferecido certa quantia com o fim de obter o seu voto. Veja o vídeo abaixo:

Apesar de tanto Ismar Aguiar como a eleitora terem informado que o objeto retirado do bolso seria na verdade “santinhos”, a polícia federal realizou de gravação do referido vídeo, constatando-se que Ismar Aguiar ofereceu dinheiro para obter voto, afirmando que daria cem reais a cada membro da família, conforme diálogo abaixo:

Ismar: Veja mermo, o prefeito vocês votam em quem você quiser

Eleitora: É isso é verdade.

Ismar: Eu quero que você e ajude.

Eleitora: Claro que sim. Né? Isso é uma covardia. Né? Da pessoa…

Ismar: São cinco votos? Não são?

Eleitora: É, cinco

Ismar: Eu vou dar cem reais a cada um. Pronto, tá resolvido o problema.

Eleitora: Sim, tá bom. Tá, tá resolvido.

Ismar: Tá certo? Pra encurtar a conversa.

Eleitora: É…

Ismar: Esse negócio de tá com caixa d’água.. isso não existe.. isso não existe. Tá entendendo?

Eleitora: Tá..

Ismar: Eu sou um homem curto e grosso. (Trecho inaudível)

Eleitora: Isso é uma covardia. Eu… comigo… quando eu digo que dou minha palavra, eu dou.

Ismar: Um, dois, três...


Além do pedido de cassação do registro ou diploma, o Ministério Público também denunciou o vereador eleito juntamente com a eleitora pelo crime do art. 299 do Código Eleitoral.

A Coligação “Unidos por um Brejo melhor” do candidato eleito Roberto Asfora foi um dos responsáveis por denunciar Ismar Aguiar ao Ministério Público Eleitoral.

Caso o registro ou diploma de Ismar Aguiar seja cassado, os 631 votos obtidos pelo vereador eleito serão contabilizados para o partido ao qual ele pertence, que no caso é o PSL.

Processos nº 0600531-91.2020.6.17.0054 e 0600532-76.2020.6.17.0054


Do Manhã Nordestina

Nenhum comentário:

Postar um comentário