domingo, 29 de novembro de 2020

SECRETÁRIO DA FAZENDA DESTACA O APOIO DO GOVERNADOR PAULO CÂMARA NO ESFORÇO DE MANTER O ESTADO EM EQUILÍBRIO FISCAL, 3,2 BILHÕES ESTÃO SENDO INJETADOS NA ECONOMIA DE PERNAMBUCO COM O PAGAMENTO DO DÉCIMO TERCEIRO DOS SERVIDORES
O governo de Pernambuco anunciou que vai pagar o décimo terceiro dos servidores do estado. O secretário da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE), Décio Padilha, falou ao Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios e ao Blog do Alberes Xavier sobre essa injeção de dinheiro que soma o montante de 3,2 bilhões de reais na economia. “Diante de estudos dos últimos cinco anos, 85% desse dinheiro vai para consumo. Isso vai dar um grande impulso na economia de Pernambuco”.

Décio ressaltou que o governo está com o pagamento das obras e fornecedores em dias, do mesmo modo com as empresas terceirizadas que prestam serviços ao estado. “Mais de 70 mil trabalhadores dessas empresas terceirizadas, também vão receber o seu décimo terceiro”.

Ele falou das dificuldades enfrentadas na pasta durante a crise promovida pela pandemia do coronavírus. “Tivemos 600 milhões de gastos com o covid-19”.

“Para poder anunciar que 3,2 bilhões estão sendo injetados em 30 dias, que as obras, os fornecedores, e os terceirizados estão sendo pagos, é porque nós cortamos 503 milhões de reais de despesas novas de custeio, cortamos na própria carne, repensamos o modelo de estado, aprendemos com a crise, criamos com a tecnologia uma possibilidade muito grande”, revelou o secretário.

“Graças a Deus que temos um governador que foi secretário da fazenda, secretário de administração, com essas duas oportunidades ele tem clareza dessas dificuldades e é um grande apoiador que nos dar um lastro para que possamos tocar as medidas e colocar o estado em equilíbrio fiscal”, concluiu.


Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário