quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

PROPOSTA AUTORIZA QUE POLICIAL APOSENTADO PERMANEÇA COM ARMA USADA NA ATIVA
A Comissão de Segurança Pública da ALEPE distribuiu 24 propostas nessa terça-feira (02). Dentre elas, a proposição que garante ao policial aposentado ou transferido para a inatividade o direito de manter a arma de fogo utilizada na ativa. Na justificativa do projeto, a autora, deputada Delegada Gleide Ângelo, do PSB, argumenta que, após anos de exercício da função policial, o profissional de segurança pública continua na mira da criminalidade que ajudou a combater por décadas.

“Ele passou a vida defendendo a segurança da sociedade. Eu acho que agora chegou a hora da sociedade de Pernambuco pensar também na segurança desse policial”.

De acordo com a proposta, a arma de fogo deverá ser usada exclusivamente para defesa pessoal, sendo proibido o uso em atividade profissional ou com fins lucrativos. O direito valerá para integrantes dos órgãos de segurança pública como Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Científica e Polícia Penal.

O deputado Antônio Moraes, do PP, que é delegado de Polícia Civil aposentado, elogiou a iniciativa e alertou sobre os riscos da profissão:

“Eu quando vou pro Rio, eu tenho um tio que mora lá, a primeira coisa que ele diz é: deixe a carteira de delegado aí, não traga pra cá não porque se você cair aqui numa blitz aqui de bandido você é morto na hora, o cara não quer saber se você é aposentado, de onde você é”.

Ainda nessa terça, o Colegiado de Segurança Pública aprovou três matérias. Uma delas é o substitutivo da Comissão de Justiça que obriga profissionais da área de saúde a comunicar às autoridades os casos de crimes contra a liberdade sexual praticados com violência. O projeto estabelece que hospitais, clínicas e laboratórios públicos e privados devem afixar, em local de fácil visualização, aviso informando sobre o dever legal.

Também de acordo com a proposição, o cartaz pode ser substituído por tecnologias, mídias digitais ou áudio.


 Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário