sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

MUNDO CÃO; ENDIABRADO HOMEM ARROMBAR PORTÃO DA CASA DE EX-COMPANHEIRA E REVOLTADO COM A EXPEDIÇÃO DE MEDIDA PROTETIVA, VAI A DELEGACIA DA MULHER A ARROMBA O PORTÃO. ELE FOI PRESO EM FLAGRANTE!
Veículo do criminoso, foi abandonado em Surubim.

Policiais Civis da Delegacia da Mulher de Caruaru, do Denarc, da Draco, 89°, 90ª DP e Core Agreste, juntamente com a importante colaboração de policiais militares de Taquaritinga e da Guarda Municipal de Taquaritinga, prenderam na noite desta quinta-feira (21), no Sítio Varzinha, na zona rural de Taquaritinga do Norte, o comerciante Danillo Marques Maciel, de 39 anos, por quebra de medida protetiva e cometimento de vários outros crimes.
De acordo com informações com o fim do relacionamento, este elemento passou a ameaçar a ex-companheira e a família dela. Na semana passada, foi denunciado na Delegacia da Mulher, que diligenciou o caso e na última quarta-feira (20), foi colocada a tornozeleira eletrônica, logo na manhã desta quinta-feira (21) ele rompeu o equipamento, chegou a ir a casa da vítima e arrombar o portão com o seu veículo, e danificar mais quatro imóveis de familiares da vítima, por fim, foi à Delegacia da Mulher, onde derrubou o portão com uma marreta e depois saiu percorrendo e bebendo em várias cidades como Riacho das Almas, Cumaru, Passira e Limoeiro, onde cometeu até mesmo perturbação no presídio local e acabou sendo expulso. Depois bastante embriagado, abandonou o veículo em Surubim. Os policiais civis foram informados que ele teia seguido pra Taquaritinga. Nesta cidade, Policiais Civis, Militares e a Guarda Municipal iniciaram minuciosa varredura, culminando com sua prisão na zona rural de Taquaritinga do Norte.
Carro utilizado para danificar a delegacia.

Levado para a Delegacia da Mulher, aguarda o resultado da audiência de custódia pelo Judiciário. Além da quebra de medida protetiva, rompimento de monitoramento eletrônico, foi autuado em flagrante pelos crimes de dano qualificado ao patrimônio público e Maria da Penha. 


Fonte: Adielson Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário